COMO A PANDEMIA AFETOU OS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL?

As máscaras, luvas e afins são um artigo de vestuário relativamente novo para boa parte da população; com excessão dos habitantes de alguns países asiáticos, o uso desse tipo de vestimenta não era muito comum por aqui.

Com a pandemia, tudo mudou; aqueles que não usavam EPI’s regularmente passaram a usar; os que já usavam, tiveram que incrementar ainda mais sua proteção.

No texto a seguir iremos analisar o impacto em potencial que o surgimento do Coronavírus terá sobre o uso de EPI’s por parte daqueles que trabalham no setor da construção civil.

PRINCIPAIS EPI’S UTILIZADOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Aqueles que trabalham com construção civil estão habituados a usar alguns equipamentos de proteção individual para salvaguardar sua integridade física. São eles:

  • Capacete, sempre que estão no canteiro de obra;
  • Óculos de proteção, principalmente quando estão quebrando ou cortando algo;
  • Máscara, para protegê-los da poeira;
  • Luvas, para evitar que suas mãos sofram demasiadas lesões.

O QUE IRÁ MUDAR?

Com o advento do novo Coronavírus, alguns desses equipamentos precisarão ser revistos e possivelmente incrementados.

Um bom exemplo disso é a máscara; a maior parte dos trabalhadores usam máscaras que são capazes de filtrar poeira e partículas de tamanho correlato. O grande problema é que essas máscaras muitas vezes não são suficientes para protegê-los do Coronavírus; o vírus em si é menor que uma partícula de poeira, então acaba passando pela máscara e contaminando a pessoa.

Assim, o ideal é que a partir de agora os trabalhadores utilizem máscaras do tipo N95 — que, não à toa, são conhecidas como respiradores de partículas.

Fora isso, é preciso que eles tenham a consciência de que a máscara não deve ser usada apenas no momento em que se está realizando alguma atividade no canteiro, mas sim durante toda a jornada de trabalho para evitar que um eventual vírus se propague entre os funcionários da empresa.

Outro item que poderá ser revisado são os óculos de proteção; é recomendável que eles sejam substituídos pelas viseiras sempre que possível para incrementar a proteção dos funcionários — as viseiras, aliás, são ótimas opções para aqueles que não conseguem ficar muito tempo com a máscara; elas não tem a mesma eficiência de uma máscara para evitar a propagação, mas elas ajudam consideravelmente.

PRECISA DE AJUDA? FALE CONOSCO!

A Distel atua no mercado da construção civil há décadas. Ao longo desse período já vemos um bocado de mudanças e procuramos não apenas nos adaptar, mas principalmente ajudar nossos clientes a se adaptar a elas.

Por isso, se você precisa de alguma ajuda para se adaptar a esse novo momento que estamos vivendo, não hesite; entre em contato conosco e veja de que forma podemos lhe ajudar.

Comentários

Perguntas realizadas para: "COMO A PANDEMIA AFETOU OS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL?"

  Mostrar Comentários

Ainda não temos nenhum comentário para este artigo.
Seja o primeiro utilizando o formulário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categoria

Últimas Publicações

Solicite um Orçamento