Você já ouviu falar em telhados verdes? Trata-se de fazer uma cobertura em telhados de prédios e de casas com vegetação, o que ajuda a manter uma temperatura interna mais agradável e, consequentemente, economizar energia, com o menor uso de ventiladores e ar-condicionado.

O interessante é que quanto mais quente for o clima na cidade na qual o telhado verde foi instalado, maior é o benefício obtido. Isso acontece devido a menor quantidade de absorção do calor feito pelas plantas do que o concreto.

O telhado verde, além de ajudar a equilibrar o clima interno, quando feito em vários locais próximo na mesma cidade, acabam quebrando a onda de calor e deixando o clima mais agradável. É por isso que o uso em grandes centros deve ser incentivado.
Sem contar que uma bela área verde quebra a aparência de “cidade de concreto” que é observada com frequência nos locais mais populosos. Deixam o ambiente climático e visual mais agradável. Além de colaborar com o meio ambiente.

Ainda na mesma linha de preocupação com o meio ambiente, podem-se citar na construção as alternativas de telha, como as feitas com pet e ecológicas. As telhas PET têm no conforto térmico sua principal vantagem em relação às de amianto.

Similar as telhas convencionais, a Telha PET apresenta baixo custo, eficiência, excelente propriedade de fluxo luminoso, brilho e transparência, proporcionando excelente relação custo/benefício para aplicação junto às telhas convencionais e coberturas que necessitam transparência.

A Telha PET não apresenta porosidades como as telhas cerâmicas, evitando assim o acúmulo de umidade e mofo, além disso, resistem a temperaturas mais altas (cerca de 85°C) comparadas às temperaturas máximas a que um telhado é exposto (até cerca de 50°C).

Compartilhe

Faça uma pergunta
0 Perguntas
Pergunta:

*