Publicado em 27/08/13 por Distel Telhas

Elementos Vazados: Genova

Para quem não sabe, elementos vazados são aquelas estruturas utilizadas em casas ou empresas, que possibilitam uma melhor luminosidade e ventilação, além de dar um certo requinte, para qualquer construção, onde é empregada. Esse tipo de estrutura foi muito utilizado, na década de 20, pelos engenheiros: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de is, que patentearam a estrutura com as iniciais de seu nome: Cobogó.

Os engenheiros buscaram inspiração nos muxarabis, que eram tramas vazadas de madeira, muito utilizada no início da colonização pernambucana, e que tinham como finalidade manter a privacidade, sem comprometer a visibilidade e luminosidade de dentro para fora das construções. Os elementos vazados ou cobogós são muito utilizados, até hoje, apesar de que é mais fácil encontrá-los em varandas, corredores e, também, em ambientes internos, como divisórias e fachadas, pois, sua intenção original permanece incólume, até os dias de hoje, de quebrar a incidência solar direta e proporcionar uma melhor ventilação do ambiente.

Claro, a modernidade não poderia ficar de fora, em uma espécie de utilidade para a construção civil. Atualmente, o cobogó pode ser encontrado em diversos tipos de materiais, como: cerâmica, cimento, madeira, gesso, vidro, e até mesmo, de mármore. Essa peça, importante na construção civil, traz requinte, charme e sofisticação, para a construção, além de uma série de formas e designers, que acabam encantando pelos efeitos, ao contato com a luz.

Se você está construindo e pesquisando formas de deixar sua construção mais sofisticada e bela, um ótimo palpite é utilizar essa ideia pernambucana, pois os cobogós funcionam perfeitamente, em ambientes internos, como divisórias. Você poderá unir o bom gosto com a organização de um ambiente valorizado pela luminosidade e, também, pela ventilação.

Compartilhe

Faça uma pergunta
0 Perguntas
Pergunta:

*
Solicite um orçamento Sem compromisso